Notícias

Apoios da União Europeia @ Oeste Portugal

O Centro de Informação Europe Direct Oeste e Lezíria do Tejo, em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Oeste, organiza no próximo dia 11 de Dezembrouma sessão de informação dedicada aos Apoios da União Europeia.

Contaremos com a apresentação da Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, e com as apresentações do Programa Europa para os Cidadãos e do Programa Europa Criativa.

Os Programas Europa para os Cidadãos e Europa Criativa têm como destinatários elegíveis autarquias e outras entidades públicas, entidades privadas sem fins lucrativos e entidades públicas ou privadas com ou sem fins lucrativos do sector criativo/cultura.

A sessão tem início às 10.00 H no auditório da Comunidade Intermunicipal do Oeste em Caldas da Rainha.

A participação é gratuita mas sujeita a inscrição para o mail info@europedirectolt.pt até ao dia 07 de Dezembro.

Agradecemos desde já a divulgação e participação.

OesteConsult – Cursos IEFP

A OESTECONSULT – Consultadoria, Lda. é uma empresa de consultadoria especialmente vocacionada para a área da formação profissional, consultoria formativa, estudos e projetos.

No presente momento temos aprovado, pelo IEFP, dois cursos de Aprendizagem a desenvolver em Torres Vedras:

– Técnico/a de Instalador de Sistemas Solares Fotovoltaicos

– Técnico/a de Comunicação e Serviço Digital

Os cursos de Aprendizagem permitem obter uma certificação escolar e profissional, privilegiando a inserção no mercado de trabalho e o prosseguimento de estudos de nível superior. Os mesmos destinam-se a jovens entre os 18 e os 24 anos, com habilitações a superiores ao 9º ano e inferiores ao 12º ano.

Estes cursos têm por base uma estrutura curricular que integra quatro componentes de formação, designadamente, sociocultural, científica, tecnológica e prática em contexto de trabalho. Os cursos têm a duração máxima de 3700 horas, o que equivale a cerca de dois anos e meio de formação.

A formação prática em contexto de trabalho tem a duração máxima de 1500 horas, distribuídas, de forma crescente, ao longo dos três períodos de formação, conforme consta dos planos curriculares de cada uma das saídas profissionais.

Estes cursos são financiados e atribuem os seguintes apoios aos formandos:

– Bolsa de Profissionalização – até 42.89 €

– Bolsa de Material de Estudo – até 163 €

– Subsidio de Alimentação – 4.77 €/dia

– Subsidio de Transporte – valor do passe ou até 64.33 €

– Subsidio de Acolhimento – 214.45 €

 

Mais informações:

1 – Oesteconsult-APZ – Torres Vedras -comunicação

1 – Oesteconsult-APZ – Torres Vedras Técnico Instalador de Sistemas

Plano curricular_Técnico de Comunicação e Serviço Digital

Plano Curricular_Tecnico_a Instalador_a de Sistemas Solares Fotovoltaicos (1)

Tarifa Social na eletricidade e gás: Informação à população

TARIFA SOCIAL NA ELETRICIDADE E GÁS NATURAL

Desconto de 33,8% na fatura da eletricidade e gás natural.

 

1- O que é? Quem tem direito?

 

tarifa social é um desconto atribuido pelo Estado, e que serve para minimizar o esforço que as familias têm com o pagamento das faturas de eletricidade e gás natural.

A atribuição do desconto está relacionada com a situação económica de cada agregado familiar, ou seja, depende de  rendimento auferido anualmente e também se o consumidor é beneficiário de prestações sociais provenientes da segurança social.

 

O desconto permite uma redução de 33,8%, diretamente na fatura da luz e do gás natural, no consumo, na potência elétrica e ainda no acesso às redes. O desconto é aplicado antes do IVA. Além disto, o consumidor deve ser o titular do contrato de luz ou gás e ter uma potência contrada até 6,9 kwh.

 

2- Como solicitar? Tem direito mas ainda não tem a tarifa social? Saiba o que fazer.

 

O desconto passou a ser atribuido de forma automática na fatura dos consumidores elegíveis. Esta atribuição provém de um cruzamento de dados dos consumidores entre a Segurança Social, Direção Geral de energia e a Autoridade Tributária com as fornecedores de energia.

 

Embora obrigatória e automática, a maioria das empresas de energia não está a realizar a ativação da tarifa social. Desta forma, deve ser o consumidor a entrar em contacto com o seu fornecedor e solicitar a ativação da tarifa social.

 

Embora preencham os requisitos, a maioria dos consumidores desconhece tal informação e acabam por não estar a usufruir da tarifa social.

De momento este apoio destina-se apenas as serviços energéticos, no entanto está a ser analisada a possibilidade de se estender os apoios ao sector das telecomunicações.

 

Para informação mais detalhada sobre a tarifa social, consulte:

http://www.tarifasocial.dgeg.pt/

http://www.erse.pt/consumidor/tarifasocial/Paginas/TarifaSocial.aspx

https://lojaluz.com/tarifa-energia/tarifas-sociais-eletricidade-gas-natural

http://www.seg-social.pt/noticias/-/asset_publisher/9N8j/content/id/11986582